top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Artigo - O Seguimento de Cristo

Atualizado: 10 de set. de 2022

O artigo deste domingo no Blog do Alex Fraga do P. Osmar Resende, sdb, da Paróquia Dom Bosco de Guarapuava (PR) intitulado: O Seguimento de Cristo.

O SEGUIMENTO DE CRISTO

Osmar Resende SDB


O Evangelho de Lucas (Lc 14,25-33) nos convida de um lado sermos desapegados das coisas, das pessoas deste mundo; a sermos construtores do Reino de Deus e a estarmos preparados para a guerra espiritual.

Sim. Jesus, o Cristo, nos diz que, se quisermos seguir seus passos, havemos de estar dispostos a deixar família, bens, sonhos, se necessário for. Nas traduções antigas, se dizia que devíamos odiar nossos pais, parentes. Hoje se fala de desapego, de deixar em segundo plano. Mas de qualquer forma Jesus quer estejamos dispostos a carregar a cruz como consequência de nosso comprometimento com Ele. Ele não quer que sejamos masoquistas, nem exige atitudes de resignação, revolta, isolamento, autodestruição. Não quer também que nos façamos de vítimas.

Em segundo lugar, Jesus quer que sejamos conscientes, donos de nosso próprio destino. Para isto, hoje, mais do que nunca, precisamos ter um projeto de vida. Assim como na construção de um edifício se exigem bases bem sólidas, planejamento, na nossa vida cristã, também precisamos solidez em nossos princípios, em nossas ideias e termos realmente um projeto de vida. Se na guerra exigem-se armas, estratégias, também na vida cristã. Dessa forma, precisamos de lucidez, responsabilidade, decisão, debate, reflexão. Hoje se fala de sinodalidade. Homem algum é uma ilha, já dizia Thomas Merton.

Não podemos agir de forma inconsciente, temerária, presunçosa. Cuidado, prudência, mas também coragem audácia.

Uma prática indispensável, também, é a meditação: oração, reflexão, contemplação, ação.

No Brasil, de longa data, se usa o método Ver, Julgar, Agir.

Ver, analisar a realidade. Detectar forças e desafios, em nossa vida pessoal e comunitária, de acordo com o projeto do Reino de Deus.

Julgar segundo os critérios evangélicos, os parâmetros estabelecidos por Cristo.

Agir de forma consciente para realizar os objetivos, mediante metas estabelecidas.

Num mundo em que se cultuam os ídolos do dinheiro, do prazer, sucesso, poder, prestígio, tranquilidade, felicidade a todo custo, somos convidados a carregar a cruz com determinação, na busca do Reino de Deus, lutando contra os desafios de cada dia, até a consumação da vida.

Queremos lembrar a 59ª. Assembleia dos bispos do Brasil (CNBB) em que se aprovou a nova versão do Missal Romano, as orientações sobre a Catequese e a Mensagem ao Povo Brasileiro, comemorando os 70 anos da CNBB.

86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page