top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Artigo - O Grão de Trigo, por P. Osmar Resende



Domingo no Blog do Alex Fraga é dia de artigo com o P. Osmar Resende, sdb, pároco da Paróquia Nossa Senhora de Salete (Primavera do Leste MT), com O Grão de Trigo.


O GRÃO DE TRIGO

Osmar Resende sdb


Jesus vai a Jerusalém por ocasião da Páscoa. Aí estão também alguns gregos, provavelmente monoteístas, que tinham alguma afinidade com o Judaísmo. E expressam o desejo de ver, de conhecer Jesus. Felipe entra em contato com André e se dirigem a Jesus.

Jesus, por sua vez, apresenta seu projeto de vida, pelo resto de dias que lhe sobram.

Diz Ele que vai ser glorificado. Sim, mas após sua morte, através da ressurreição. E usa a bela figura, o símbolo do trigo. O trigo que, lançado na terra, vai morrer e depois germinar. Assim, seu corpo, lançado na terra vai ressurgir esplendoroso, cheio de força, de energia.

Diz ainda que vai atrair todos a si. Quando for levantado da terra, quando ressurgir glorioso, quando aparecer a Madalena e às piedosas mulheres; aos apóstolos descrentes, decepcionados.

O grão de trigo, aparentemente morrendo, vai germinar, com nova vida.

Cristo, morto, sepultado, vai ressurgir gloriosamente. E atrairá a si as atenções do mundo através dos séculos.

O Cristo coroado de espinhos, crucificado, é a expressão máxima do amor, levado até as últimas consequências, gerando vida e vida em abundância.

Seguir Jesus, atraído por Ele, é fazer o papel do servo sofredor, do servo servidor.

“Existe uma alegria muito maior em dar do que em receber” (At 20,35).

Procuramos naturalmente o conforto, o bem estar. Mas não podemos esquecer o serviço, a doação. Devemos estar sempre alerta para as necessidades de nosso irmão, de nossa irmã.

É necessário, às vezes, morrer para gerar vida.

Não que devamos ser masoquistas. Mas o sofrimento vem ao nosso encontro, em forma de doença: COVID, dengue, infarto, câncer e outras tantas moléstias. E igualmente as pessoas que nos circundam são vítimas de tantos sofrimentos: assédio, violência, preconceito, indiferença, maledicência, que nos despertam compaixão.

Os santos são aquelas pessoas que se fazem trigo, para moer (como Santo Inácio de Antioquia), ou para servir aqueles mais necessitados, carentes: São João Bosco, Santa Teresa de Calcutá, Santa Dulce dos Pobres.

Eles e elas saborearam e expandiram a alegria que vem de um coração generoso, dedicado, moído, triturado, em benefício dos irmãos.

Aliás a Campanha da Fraternidade de 2024 nos lembra que “somos todos irmãos

60 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo

댓글 3개

별점 5점 중 0점을 주었습니다.
등록된 평점 없음

평점 추가
게스트
3월 19일
별점 5점 중 5점을 주었습니다.

Parabéns

좋아요

게스트
3월 17일
별점 5점 중 5점을 주었습니다.

Gratidão sempre

좋아요

게스트
3월 17일
별점 5점 중 5점을 주었습니다.

Amém!

좋아요
bottom of page