top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Artigo - Mestre Galvão, por Dario Pires

Dois anos sem um cara especial chamado Raimundo Edmário Guimarães Galvão, mais conhecido como Mestre Galvão. Músico, compositor e contador de "causos". O Blog do Alex Fraga recebeu a pedido de sua companheira eterna Renata Christoforo, um texto de Dario Pires, que faz uma homenagem desse grande amigo que nos deixou no dia 9 de Julho de 2021.


MESTRE GALVÃO

Dario Pires

Eu o conheci na calçada do Bar da Madá / Vila Carvalho, bem antes desta covid que o roubou de nós: julho/2021. No início, eu passava por lá e falávamos de samba-enredo, mas foi de uma "esmola de amor", bossa-nova, que começou a nossa parceria.... Pra findar em um "boletim", uma espécie de oração (minha e do Paulo Robinson) que "rezamos" juntos - Renata, Juci, Negabi, Átila e todos nós - para que ele fugisse das garras daquela doença. Eu fazia uma letra (e um sambinha mixuruca) e mandava pra ele, via zap. Uma semana depois, a letra voltava, na madrugada, vestida por um Baião, Forró, Guarânia, Bolero..., muitas gravadas pela Renata, sua companheira e produtora. Assim, a gente foi ficando amigo. Nos bares, restaurantes, morada dos Baís, da Valu/Jefferson, aniversário da Celina. Mas era no estúdio da sua casa, em meio à cachaça e aos gatos, que ele falava de filosofia, dos universos, dos colapsos celestes.

Mas eu me chamo Raimundo e abraçado ao pinho por acaso, um sustenido na armadura da clave, uma nota sideral que reverta os ocasos. E ao final da madrugada, mistura na noite - Alvorada!

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page