top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Artigo - Jesus, "Fora de si", por P. Osmar Resende



Domingo no Blog do Alex Fraga é dia de artigo com o P. Osmar Resende, sdb, pároco da Igreja Nossa Senhora do Salete, de Primavera do Leste (MT), com Jesus "Fora de Si"


JESUS, “FORA DE SI”

Osmar Resende sdb


O Evangelho de Marcos (Mc 3,20-35) nos mostra Jesus em Cafarnaum, quando sua mãe e parentes vão atrás dele achando que “estava fora de si”, que tinha “enlouquecido”, que “não estava em perfeito juízo”.

Jesus, de fato, era uma pessoa “fora do normal”. Não se conformava com os costumes, tradições ultrapassadas dos judeus. Pregava uma nova visão, um novo jeito de ser e de agir.

Jesus não se apegava às leis retrógradas. Segundo ele, a lei foi feita para o homem e não o homem para a lei.

Vivemos no mundo dominado pelo consumismo, pela banalização do sexo, a exploração irresponsável da natureza.

O importante é fazer a vontade de Deus. Todos aqueles que fazem a vontade de Deus são irmãos de Jesus.

O Concílio Vaticano II nos afirma que a Igreja é lugar de salvação, mas não o único. Ao se denominar católica, significa que está presente em toda a terra, convivendo com as diferenças culturais, políticas, religiosas, sociais. E Deus acolhe, redime, salva “todas as pessoas de boa vontade”.

O Catecismo da Igreja Católica (1864), referindo-se a Mc 3,29 diz: “A misericórdia de Deus não tem limites, mas quem se recusa deliberadamente a acolher a misericórdia de Deus pelo arrependimento, rejeita o perdão de seus pecados e a salvação oferecida pelo Espírito Santo”. Portanto é a própria pessoa, por decisão própria, que escolhe sua própria condenação. A misericórdia divina está sempre disponível a quem quer que seja. E, até o último momento de nossa existência podemos nos voltar para Deus. O verdadeiro Deus, pois se fomos criados à imagem e semelhança de Deus, às vezes criamos o nosso Deus à nossa imagem e semelhança.

Deus é sempre o mesmo, perfeito, imutável, amoroso, misericordioso. Mas às vezes temos uma concepção falsa de Deus.

Espero que no final de nossa existência, possamos encontrar face a face o verdadeiro Deus e que possamos mergulhar em sua essência divina, fora do tempo e do espaço, como que nos divinizando, entrando em comunhão com Deus e nossos irmãos e irmãs.

178 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Jun 11
Rated 5 out of 5 stars.

🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏

Like
bottom of page