• Alex Fraga

Artigo - Ganância, Ambição, por Pe. Osmar Resende

Atualizado: há 1 dia

O artigo deste domingo no Blog do Alex Fraga do P. Osmar Resende, sdb, da Paróquia Dom Bosco de Guarapuava (PR) intitulado: Ganância, Ambição.

GANÂNCIA, AMBIÇÃO

Osmar Resende SDB

Jesus, sendo Galileu, via a realidade em Séforis, Tiberíades... Cidades prósperas, em que alguns detinham todo o poder, toda a riqueza, enquanto a maioria vivia na pobreza, na miséria. Daí, então, Jesus conta a parábola do homem ganancioso, ambicioso. Seu sonho era acumular alimentos em seus celeiros, em seus armazéns... e assim poder desfrutar o resto da vida. Hoje a nossa sociedade busca a todo custo o bem estar, a aparência, o culto do corpo ditado pela moda. Somos escravos da moda... ou das modas. O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos e, no entanto, também um dos países com maior desigualdade social, reinando a fome, a miséria. O livro de Jó nos mostra que Jó, num determinado momento perde tudo. Assim, também, acontece que muita gente perde tudo de uma hora para outra. Maus negócios, catástrofes, doenças, injustiças. Certa vez um padre jogou na Mega Sena. Acabou ganhando uma fortuna. Quis esconder a princípio, mas a coisa foi aparecendo aos poucos até que teve que decidir entre o ministério sacerdotal ou a administração do dinheiro. Preferiu abandonar o ministério para administrar a fortuna. Mas desafortunadamente foi acometido de câncer e acabou voltando pra congregação, vindo a falecer em pouco tempo. Triste desventura! Steve Jobes, empresário da Apple, riquíssimo, relativamente jovem, deixa seu testemunho, seu testamento antes de morrer. O que levar da vida? Apenas o amor, as boas recordações, os gestos de solidariedade... O Livro do Eclesiastes nos diz: “Vaidade das vaidades! Tudo é vaidade”. E o livro Imitação de Cristo acrescenta: Exceto amar a Deus e servir. Outro dia refletimos sobre o Pai Nosso, em que Jesus nos ensina a pedir “o pão nosso de cada dia”. Pão para todos. Pão partilhado. Pão da Vida. Dom Bosco já dizia profeticamente aos afortunados da sorte: Se não partilharem, os pobres, de uma forma ou de outra, arrancarão de seus bolsos. A doutrina social da Igreja nos orienta, em primeiro lugar a praticarmos a justiça, a solidariedade. São Paulo nos convida a buscarmos as coisas do alto, onde se encontra Deus, o próprio Cristo. Aspirar as coisas celestes. Só assim encontraremos a verdadeira felicidade.

132 visualizações0 comentário