top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Artigo - A Verdadeira Religião, por Osmar Resende



Domingo no Blog do Alex Fraga é dia de artigo com o P. Osmar Resende, sdb, da da Paróquia Nossa Senhora de Salete (Primavera do Leste MT), com A Verdadeira Religião.


A VERDADEIRA RELIGIÃO

Osmar Resende sdb


Estamos em plena Quaresma, que nos convida ao amor, à conversão.

Conforme o Evangelho de João (Jo 2,13-25), Jesus sobe a Jerusalém, vai ao Templo e aí encontra uma verdadeira profanação.

Jesus fica indignado. Aliás, várias vezes Jesus fica indignado diante de determinadas situações. Jesus não se deixa levar pelo ódio, pela ira, mas enche-se de indignação em certos momentos, em certas circunstâncias.

Jesus fica indignado com a profanação do templo. Fizeram do Templo um verdadeiro mercado. Compra e venda de animais para serem sacrificados no Templo. O que está em causa é o desvio da verdadeira religião.

Apegam-se a rituais, de uma forma mágica. Lembramos Isaías (Is 1,11-18) que critica os rituais, os holocaustos. E o próprio Cristo vai dizer: “Misericórdia quero e não holocaustos ” (Mt 12,7). Ou ainda: “ Afinal, o que desejo é amor e não sacrifícios” (Mt 9,13).

O povo, sobretudo “os religiosos”, se desviaram do verdadeiro sentido da religião, da busca do Reino de Deus. E o que é o Reino de Deus, senão a busca da paz, do amor, a solidariedade, da fraternidade?

Transformaram a religião numa prática mercantilista. Querem negociar com Deus. Uma troca de favores.

E não é isso o que ainda fazem muitas pessoas? Esquecem-se do Deus da graça, do amor, do perdão, da alegria, da felicidade. Esquecem-se de que Jesus veio inaugurar uma experiência de vivência, de convivência fraterna.

A humanidade vive constantemente em guerra. Ora aqui, ora acolá, envolvendo milhões, bilhões de dólares, realizando uma carnificina tremenda. Basta ver na Palestina ou na Ucrânia, ou ainda em tantos países envolvidos em guerras, disputando terras, riquezas minerais, fontes de energia.

Voltemos ao Templo. Jesus fica indignado e chega a dizer que se destruírem o Templo ele reconstruiria em três dias. Agora passa do discurso sobre o templo de pedra e começa a falar do templo de seu corpo. Aliás, somos templos de Deus (1Cor 6,19).

Jesus se referia à sua ressurreição.

A ressurreição é o fundamento de nossa fé. “Se Cristo não ressuscitou, vã é a nossa fé” (1Cor 15,14).

Portanto, devemos buscar a verdadeira religião, que se alicerça na pessoa de Jesus, em sua doutrina, mas sobretudo em sua experiência de amor, de misericórdia, de perdão, de bondade, de graça, que nos conduz à verdadeira felicidade.

73 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Mar 04
Rated 5 out of 5 stars.

Parabéns

Like

Guest
Mar 03
Rated 5 out of 5 stars.

E quando ocorrem (nos dias atuais), "vendas" na frente da Igreja, com autorização do Padre?

Like
bottom of page