top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Arte - Circo Internacional da China tem suas duas últimas sessões neste domingo



O Circo Internacional da China tem sua última apresentação neste domingo (27) em Campo Grande (MS) do espetáculo ‘Mundo Jurássico’, superprodução que mescla a magia da milenar escola chinesa de acrobacias com o fascínio dos dinossauros. As duas sessões (15 e 18 horas) poderão ser conferidas no Ginásio Guanandizão, sendo que os ingressos variam de 30 a 200 reais.


Com 45 artistas em cena, o espetáculo conta a história de DingDing e Qiqi, dois adolescentes que vivenciam emocionantes aventuras após invadirem um laboratório de dinossauros e surpreenderem o Dr. Gu Gugu trabalhando em um experimento que tem como objetivo trazer esses animais de volta à vida. Acrobatas, dançarinos e contorcionistas da Zigong Acrobatic Troupe of China, renomada companhia artisticamente subsidiada pelo governo chinês, irão se dividir no palco em cinco atos espetaculares, apresentando números desafiadores e ao mesmo tempo delicados.


"Um circo de lona no Brasil tem globo da morte, um tipo de número que não tem nos circos chineses. Na China, os artistas circenses apresentam espetáculos que envolvem muita precisão, força e habilidade. Em Mundo Jurássico, por exemplo, há uma bailarina que faz os passos na ponta do pé, no ombro do parceiro. É algo impressionante. Ela gira, faz tudo em cima do ombro do rapaz. O público se surpreende", conta o produtor Luciano Alves, da Boom Produções.


"Mundo Jurássico" foi criado antes da pandemia e, após uma pausa nas apresentações, retoma sua turnê com passagens por diversas cidades brasileiras e países como Argentina, Chile, Costa Rica, México e Estados Unidos. A Zigong Acrobatic Troupe of China une em um único show toda a magia e encantamento que a milenar escola chinesa de acrobacias é capaz de proporcionar e os dinossauros que fascinam crianças e adultos. Além das performances eletrizantes, o cenário, com painel de led de última geração, iluminação, trilhas sonoras e os figurinos, especialmente desenvolvidos para o espetáculo, aliam modernidade e tradição e colaboram para prender a atenção e fascinar o público de todas as idades.


A classificação é livre, e menores de 14 anos poderão entrar acompanhados dos pais ou responsáveis. Crianças de até 24 meses de idade que ficarem no colo dos pais não pagam. A produção é do Instituto Educacional Alexandrina Carlos Pinheiro e a realização é da empresa Cegonha Produções.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page